Aumenta procura por cirurgias plásticas com proximidade do inverno

0
653
Dra. Roberta Barros, cirurgiã plástica da Ápice Medicina Integrada.

50% dos procedimentos são realizados nesta época; cirurgiã plástica orienta sobre como ter uma boa recuperação e alcançar o resultado almejado.

O frio dos dias de inverno são mais do que um convite para ficar no conforto do lar. As baixas temperaturas também estimulam um comportamento já observado nas clínicas de estética: o aumento da procura por cirurgias plásticas.

Segundo dado divulgado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, cerca de 50% dos procedimentos são realizados nesta época, como conta Dra. Roberta Barros, cirurgiã plástica da Ápice Medicina Integrada, de Sorocaba (SP). “Os meses de inverno são considerados a alta temporada para o setor de cirurgias plásticas, por vários motivos. Um deles é que se trata de época de férias escolares, o que facilita a vida de quem procura por esse tipo de serviço, que são, na maioria, mulheres acima dos 30 anos, com filhos na escola e que não pretendem mais engravidar e estão na fase de cuidar da aparência”, revela.

Optando por essa época, diz a especialista, elas podem conciliar o afastamento do trabalho com o recesso escolar e ter uma recuperação mais tranquila. “Além disso, o frio também proporciona maior conforto, visto que as pessoas sentem menos calor com o uso das cintas modeladoras especiais”, complementa a médica.

Outro fator positivo, que favorece a realização das cirurgias plásticas no inverno, é a recuperação melhor no pós-cirúrgico. “O clima frio diminui os inchaços, contribuindo uma boa cicatrização após o procedimento cirúrgico.  Por isto, esta época costuma ser, sempre, a mais indicada, além de que o corpo terá um bom tempo até estar bem definido para o verão, tempo de praia e férias, quando as pessoas, culturalmente, exibem mais o corpo”, comenta.

A especialista revela os tipos de plásticas mais procuradas nessa época. “As mais comuns são a mamoplastia e abdominoplastia, a primeira trata a região mamária, tanto aumentando, com a utilização de próteses de silicone, como reduzindo, tirando o excesso de tecido dessa região. Já a segunda, trabalha a região abdominal, tirando o excesso de pele e realçando os contornos”, pontua.

Dra. Roberta ressalta que a cirurgia plástica, da mesma forma que qualquer outro tipo de procedimento cirúrgico, deve ser realizada seguindo uma série de cuidados pré, durante e pós-operatório. “Deve-se fazer uma profunda avaliação da saúde do paciente, conhecer o histórico de cirurgias, de doenças, como a hipertensão ou o diabetes e de hábitos, como o tabagismo. Tudo isso deve ser levado em conta para que a cirurgia realmente pode ser realizada com segurança”, conclui a médica, destacando, ainda, que devem pesquisados os profissionais credenciados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Confira as dicas para a realização de uma cirurgia plástica com segurança:

  • Pesquise sobre o tipo de procedimento que deseja realizar;
  • Escolha um médico especialista credenciado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP);
  • Compartilhe suas expectativas com o médico, para que ele possa indicar a melhor forma de atingi-las;
  • Informe ao cirurgião plástico todo e qualquer tipo de problema de saúde conhecido, assim como histórico de doenças e cirurgias anteriores;
  • Realize todos os exames solicitados pelo médico;
  • Siga as orientações do profissional de cirurgia plástica, cumprindo à risca todos os cuidados pré e pós-operatórios.

Fonte: Dra. Roberta Barros, cirurgiã plástica da Ápice Medicina Integrada, de Sorocaba (SP).

A Ápice Medicina Integrada fica na Rua Eulália Silva, 214, no Jardim Faculdade, em Sorocaba (SP). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (15) 3229-0202, pelo site: apice.med.br ou pelo Facebook:facebook.com/apicemedicinasorocaba.

 

______________________________

Fonte: QNotícia Comunicação.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA