Emitir IPVA: Como emitir o IPVA do seu veículo

Emitir IPVA Como emitir o IPVA do seu veículo

Saber como emitir IPVA, é uma prática crucial para qualquer motorista que deseja ter a tranquilidade de circular com o seu veículo nas estradas. Diante da importância de manter esse imposto regularizado, o governo tem investido em mudanças que tornam a sua emissão mais acessível e simples.

Atualmente, não há mais a necessidade de se deslocar até os órgãos públicos ou esperar o imposto pelos Correios. Quer saber mais sobre essas mudanças? Então, continue lendo esse post para descobrir a melhor maneira de como emitir o IPVA do seu veículo. Acredite, você irá se surpreender com a facilidade desse processo.

Emitir IPVA Como emitir o IPVA do seu veículo

Emitir IPVA: entenda o que é esse imposto

Aprender como emitir IPVA, principalmente após as últimas atualizações, tornou-se algo muito importante para qualquer proprietário de veículo. Contudo, antes de saber como realizar isso na prática é importante saber o que é esse imposto.

De maneira geral, o  Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) é uma  estadual, cobrada anualmente. O valor da alíquota varia, entre 1% a 6%, de acordo com cada estado e tipo de veículo.

O pagamento correto desse imposto, garante que o motorista possa circular pelas estradas brasileiras. Isso, sem correr o risco de ter o seu veículo apreendido ou sofrer sanções tributárias.

Ademais, metade do valor arrecadado com o IPVA é destinado ao município no qual o veículo foi emplacado. A quantia correspondente ao Estado é reaplicada em ações públicas nas áreas de saúde, educação, infraestrutura e segurança pública.

Contudo, para conseguir aproveitar todos os benefícios que a regularização do IPVA proporciona é importante, que esse imposto seja devidamente recolhido antes da data do seu vencimento.

Principais alterações no pagamento do IPVA

A partir deste ano, o boleto para pagamento desse imposto não será mais encaminhado ao endereço dos contribuintes. Pelo contrário, é necessário fazer a sua emissão por meio de sites eletrônicos oficiais.

Essa alteração teve como principal objetivo, oferecer mais comodidade e segurança aos proprietários dos veículos. Principalmente, pelo fato de reduzir os riscos dos boletos serem extraviados e ocasionar o atraso nos pagamentos e irregularidades tributárias.

Para manter esse imposto em dia, confira abaixo o passo a passo de como emitir IPVA do seu veículo.

Como emitir IPVA do veículo: passo a passo completo

O primeiro passo para que o contribuinte possa emitir o seu IPVA, é acessando os sites oficiais da Sefaz ou Detran, do seu respectivo estado. Normalmente, eles disponibilizam uma seção específica para esse respectivo imposto.

Após encontrar essa seção, é importante ter em mãos os principais documentos do veículo. Pois, para a geração do boleto é necessário informar dados como:

  • Número da placa do veículo
  • Número do RENAVAM

Em seguida, o contribuinte terá a opção de gerar um boleto unificado, com duas opções de pagamento: Cota única, nesse caso o valor do imposto é cobrado em uma única parcela, com desconto; ou pagamento parcelado em até quatro vezes.

Após o pagamento integral desse imposto, o contribuinte garante a liberação do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRVL). Através dele, o veículo pode circular livremente pelas rodovias brasileiras.

Todo esse procedimento, pode ser realizado através do computador, smartphone, tablet e demais dispositivos móveis, que tenham acesso a internet. Essa é uma das maiores comodidades geradas por essa nova modalidade de emitir IPVA.

Vale a pena destacar, que não é necessário imprimir nenhum tipo de boleto de pagamento. Caso, o contribuinte tenha conta bancária pode realizar o pagamento online diretamente do aplicativo do internet banking da sua agência.

Atenção! Agora que você sabe como emitir IPVA tornou-se um processo mais simples e prático, é crucial que você mantenha o seu pagamento devidamente regularizado. Essa é a garantia de que não serão aplicadas taxas e multas de atraso no futuro e de que o seu veículo pode circular pelas estradas brasileiras.

Ademais, o pagamento em dia desse imposto garante que o Estado realize importantes ações para garantir o bem-estar e segurança da população.

É importante ressaltar, que os carros e motos que possuem os seus impostos devidamente regularizados, são mais fáceis de serem vendidos. Sem dúvida, essa é uma das maiores vantagens para manter o IPVA do seu veículo em dia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *